Rafael Carneiro Garcia

Archive for the ‘Futebol’ Category

Estádio de Helsey, Bruxelas, 29 de Maio de 1985

In Corinthians, Futebol, Libertadores on February 21, 2013 at 3:25 pm

Juventus 1 x 0 Liverpool

Pouco importa o resultado, neste dia 39 torcedores do Juventus morreram, e o futebol europeu mudou para sempre, resultado:

  • 14 Torcedores do Liverpool condenados;
  • Todos os times ingleses vetados de competições européias indefinidamente, o que durou até 1990-1991, 5 anos, 6 anos para o Liverpool;

Estádio Jésus Bermúdez, Ururu, 20 de Fevereiro de 2013
San José 1 x 1 Corinthians

Pouco importa o resultado, neste dia 1 torcedor do San José morreu, e o futebol da América Latina deverá mudar para sempre!

Chega das medidas rídiculas contra quem joga moeda em campo, proibir entrar com papel no estádio, proibir mastros para bandeiras. Tudo isso faz parte do Futebol e a medida mais sensata são punições severas aos culpados e à seus representantes.

Como tenho a impressão que ninguém irá defender isso se baseando no ocorrido europeu, vou lançar uma bandeira que nunca sairá do chão. Punições:

  • A todos os envolvidos. Caso se confirme que partiu de uma ação da organizada, a diretoria desta também deve ser condenada;
  • 2 Anos de suspensão de TODOS os clubes brasileiros de competições sul-americanas, 3 anos para o Corinthians;

Acredito que seja uma belíssima forma para o futebol sul-americano repensar seus estádios e seus torcedores, não acabando com o espetáculo das torcidas ou elitizando as canchas, mas educando-os.

Caso dê a lógica e nada aconteça com o Sport Club Corinthians Paulista, creio que o clube se transforma, à passos largos,  do nosso mais nobre adversário no time mais sujo da história do futebol.

Advertisements

Disfarçando as evidências

In Futebol, Manolagem, Neymar, Seleção on February 5, 2013 at 9:22 pm

Dizia Armando Nogueira que Pelé, de tão perfeito para o Futebol, se não tivesse nascido homem, teria nascido bola.

Armando Nogueira não viu Neymar em seu esplendor, porém acredito cegamente que nenhum de nós ainda viu.

Na verdade, somos privilegiados em ver o que ele é capaz de fazer no presente:

Ops

Como se pode ver, se Neymar não tivesse nascido jogador, teria nascido…

…bem…

Boa Sorte Neymar!
Boa Sorte Felipão!
Boa Sorte Seleção Brasileira!

#PraCimaDelesNeymar

Copa News

In CBF, Copa do Mundo 2014, Futebol, Manaus, Omar Aziz, Política, Recife on December 5, 2012 at 5:40 pm

A medida que a Copa do Mundo de 2014, no Brasil-sil-sil, vai chegando, mais noticiais relacionadas ao torneio aparecem na mídia, e mais este blogueiro fica instigado à comenta-las, vou tentar selecionar algumas aqui:

Manaus

Provavelmente um capitulo à parte, dentre as notícias nefastas da Copa, seja a (minha) cidade de Manaus. Vamos dividir em 3 frentes:

Fan Fest

O projeto do “Memorial do Encontro das Aguas” foi elaborado em 2005 em torno de uma administração, Serafim Corrêa (PSB-AM), que impulsionava a criação de areas de lazer na cidade. Porém nem a gestão deste prefeito, nem a do atual, Amazonino Mendes (PDT-AM), conseguiram fazer o projeto de Niemeyer, que eu particularmente acho feio, sair do papel, por conta da area ser tomabada. Mesmo assim, em Março de 2011, la foi o governo do Estado, sempre eles quando se trata de Copa 2014, matar  no peito e dizer quer iria retomar a obra e que o local seria escolhido para a Fan Fest em Manaus. Porém, ai ai porémagora o mesmo governo desisti da construção e faz o arroz-com-feijão: muda o local da festa para a reformada, pela Prefeitura, orla da praia da Ponta Negra, inicialmente fora dos planos para o evento. Assim, Omar  Aziz (PSD-AM) evita o trabalho do governo do estado e de quebra resolve um problema na infraestrutura da cidade-sede. Ô governador porreta!


Memorial Encontro das Aguas – Nunca será!

Mobilidade Urbana

Desde 2009 o governo do Estado/Prefeitura tem conhecimento da Copa em Manaus. O governador prometeu o monotrilho, a prefeitura o BRT (Epa! Isso não era promessa de 10 anos atrás?). Eis que que agora essas duas instituições anunciam, juntinhas, que “não vai dar”. Nem o atual governador, nem o prefeito eleito eram os titulares em 2009, porém Omar Aziz (PSD-AM) era vice da gestão passada e é o chefe do executivo desde 2010, já Artur Virgilio (PSDB-AM)  prometeu ao menos corredores exclusivos até 2014, aguardaremos! Para finalizar esse assunto vos deixo com a declaração do governador de como ele pretende resolver os problemas do trânsito em Manaus nos dias de jogos da Copa:

“A capacidade da Arena da Amazônia é de 42 mil pessoas, isso cabe facilmente no Sambódromo (ao lado do novo estádio, onde se estaciona o carro nas ruas ao redor, em grandes eventos). As pessoas vão, estacionam e ninguém reclama da mobilidade. No dia da Copa se decreta feriado municipal e não vai ter problema na mobilidade”

Os outros estados devem estar com inveja dos amazonenses! Esse governador é muito bom! Pra que ficar anos fazendo obras para a Copa do Mundo se você pode resolver tudo em um discurso? Temos aqui um fenômeno, um gênio da politica nacional!


Monotrilho manauara – Tão virtual quanto a sua projeção

Arena da Amazônia

Para finalizar com chave de ouro a palavra de Jérôme Valcke, secretario-geral da FIFA e chutador oficial de bundas do Brasil:

“Estamos um pouco preocupados com Manaus, o prazo esperado dificilmente será cumprido (…) Não há plano B para os projetos que ainda possam estar atrasados. Tirar um estádio ainda é possível. Ter um estádio pronto apenas seis semanas antes (do Mundial) não é possível”

Manaus foi uma das primeiras cidades a começar a construir seu novo estádio, no primeiro semestre de 2010, hoje é a lanterna.


Arena da Amazônia – Novembro/2012 na lanterna!

So para constar: Omar Aziz (PSD-AM), antes de ser governador era uma espécie de coordenador da candidatura de Manaus à cidade-sede, e depois virou o gerente das obras pra Copa. Como se vê, ele ja tinha tudo planejado.

Nomes e Copas

Fuleco (Mascote da Copa do Mundo de 2014) = Futebol + Ecologia;
Cafusa (Nome da bola da Copa das Conferações 2013) = Carnaval + Futebol + Samba;
FIFA = Lugar onde se criam nomes bizarros desde 1998 que ninguém ainda registrou para lucrar em cima.

ps: Busquei a informação no blog do Cosme Rimoli, veja aqui.

Racionamento

Desde ontem (04/12) até o proximo dia 10/12 uma parecela dos habitantes de Recife terá agua dia sim, dia não.  São 1,5 milhão de habitantes afetados, sendo 28 bairros, apenas 3 na capital que ficarão os 6 dias sem agua.

Racionamentos e transtornos para manutenção e melhoria de equipamentos de infraestrutura de uma região acontecem em qualquer lugar do Mundo. Porém o que é curioso é a quantidade de pessoas afetadas, acredito que todas na periferia recifense. Também é curioso notar que isso aconteça justamente na cidade em que a FIFA ameaçou tirar da Copa das Confederações.

A noticia esta aqui.

Elefantes Brancos

 O pessoal da CBF não deve aguentar nem 24 horas sem fazer alguma bobagem, vejamos o que apurou o Lancenet:

CBF quer “cassar” mando de clubes no Brasileirão para evitar elefantes brancos 

Vejamos, para evitar que os estádios construídos em Manaus, Cuiaba e Brasilia se tornem elefantes brancos com boa parte do ano sem uso, a CBF achou a solução: cassar o mando de campo de 2 jogos dos clubes da série A para que sempre haja jogo nessas 3 cidades!

A CBF visivelmente com dificuldades em valorizar o Futebol nessas regiões, digamos que ela tentasse, no auge da minha ingenuidade, tomou lição do cerebral governador do Amazonas e tenta resolver a carência de bola dos amazonenses, mato-grossenses e brasilienses numa assinatura.

A mesma entidade, em 2007, disse que o montante do dinheiro público gasto nos estádios, seria minimo, pois a Copa é um evento da iniciativa privada. Acontece que nessas 3 cidades, e até em outras, a iniciativa privada não estava disposta a gastar, primeiro porque sabia que iria haver politicagem para construir os estádios com dinheiro publico, e segundo porque não é interessante construir um estádio, mesmo que para a Copa, nessas capitais.

Não eram esses estádios que iriam virar arenas multiuso e que iriam se sustentar não so com o Futebol mas com shows e outros eventos? Então por que a necessidade de cassar mandos de campo tirando os times das suas cidades e da sua torcida cativa?

“Quando a Copa acabar, a Arena Pantanal será transformada em um grande Centro de Eventos, abrindo espaço para potencializar o turismo de eventos, feiras de negócios, artesanatos e dezenas de oportunidades para movimentar a economia cuiabana” Mauro Mendes (PSB-MT), eleito prefeito de Cuiaba

“Qualquer legado deixado pelo Estado será pago pelo povo. Nada aqui investido é de fundo perdido, tudo vem de empréstimo. Pelo nosso futebol, nunca seríamos escolhidos para sede da Copa. Nosso futebol está na Série D (quarta divisão do Brasileiro). Se houvesse a Série H, estaríamos nela (…) Nossa meta não é apenas criar um estádio para receber três jogos (do Mundial). Com certeza, toda semana não teremos um show para nossa arena multiuso. É impossível. Espero que ao menos até 2014 um clube do Amazonas esteja na Série B do Brasileiro” Omar Aziz (PSD-AM), governador tateando o obvio

“Vou usar outra expressão que o governador utiliza: “No estádio teremos, inclusive, o futebol”. Por ser multiuso, o estádio será ocupado de forma permanente, inserindo a cidade no circuito dos grandes eventos mundiais.”  Claudio Monteiro, Secretario Extraordinário da Copa em Brasília

Futebol News

In Corinthians, Cristian, Curtas, Fenerbahce, Futebol, Lionel Messi, Palmeiras, Pelé, São Paulo, SPFW on January 22, 2012 at 6:03 am

Messi vs Pelé

“Quando Messi tiver marcado 1.283 gols e conquistado três mundiais, falamos”

“Os recordes estão aí para serem superados, mas vai ser difícil quebrar os meus. As pessoas me perguntam toda hora quando vai nascer outro Pelé. Nunca!”

Assim falou Pelé, no alto dos 7 (1) anos, o rei dos poetas, segundo Romário.

 

 

 

 

SPFW

E começou a São Paulo Fashion Week

 

 

 

 

Um abraço aos são-paulinos, é um belo uniforme.

#VoltaCristian

Creio que nenhum dos bravos torcedores do Fenerbahce lerão isso, portanto faremos apenas um exercício: O que você acharia se um profissional do seu time (ou da sua empresa) fizesse um vídeo e publicamente pedisse para que as pessoas o ajudem a sair do seu atual posto?

Quando achamos que os jogadores de Futebol já chegaram no auge da falta de noção eles nos mostram que podem mais!

Essa notícia é antiga mas a sua memória é o que interessa mediante a mais recente notícia:

Corinthians desiste de Cristian

E tudo volta ao normal como um marido que toma café da manhã com a família após uma noitada com a amante.

Palestra Itália

Em que ano estamos mesmo?

Por Favor…

In Futebol on December 5, 2011 at 6:27 am

Parabéns Corinthians! Parabéns torcedor…

1- Nunca chame o craque, sob pena de blasfêmia,  de “atleta diferenciado”.  Guarde o “diferenciado” para adjetivar maratonistas de patinação no gelo ou jovens cantores dos Canarinhos de Petrópolis.
2- O ruim de bola deve ser chamado preferencialmente de cabeça de bagre, pereba e quejandos.  Corno e filho da puta se admitem nos momentos mais dramáticos – passe errado, gol perdido, frangaço… Guarde o “atleta limitado” para se referir a alguém que não consegue mais despertar o bilau na hora do vuco-vuco. Atleta, aliás, é quem faz atletismo. Quem joga bola é jogador e ponto.
3- Malditos os que transformam o templo do jogo em “arena multiuso”, com ingressos caros, bistrô, loja de conveniência, espaço gourmet e outras babaquices. Futebol se joga em estádios com arquibancadas de madeira, cimento ou com o público confortavelmente instalado em barrancos. Árvores frondosas também são permitidas nos campos, desde que, nos dias de grande público, se transformem  em camarotes reversíveis.
4- Jogador reserva não é “peça de reposição”. A expressão – queridinha de técnicos e comentaristas – é mais adequada para se referir a escravos comprados no Brasil colonial, comumente conhecidos como peças. Admite-se também o uso em oficinas de automóveis. Um cabo de embreagem é um bom exemplo de peça de reposição.
5- Que a danação seja eterna para os que entregam taças em teatros, com jogadores e dirigentes de terno e gravata e a apresentação de atores globais que não sabem a diferença entre uma bola e uma ogiva nuclear. Taça se entrega no campo. Só será admitido fazer isso no dia em que a cerimônia de entrega do Oscar for no estádio Ítalo Del Cima, em Campo Grande.
6- É direito sagrado do torcedor invadir o campo para comemorar a conquista do clube.
7- Pai e mãe serão honrados. Abre-se uma exceção para a genitora de Sua senhoria, o juiz da partida. Recomendo aos que não querem ouvir palavrões no campo que procurem assistir aos funerais de um papa. Os cantos gregorianos são do maior respeito.
8- É direito do torcedor beber nos estádios a água benta que melhor lhe conduzir ao contato com o sagrado. Comércio informal nos arredores – com churrasquinho, cachorro quente, laranja lima e que tais – sempre é benvindo.
9- Não profanarás a camisa do clube com propagandas de cursos de inglês, bancos, funerárias, produtos de limpeza, organismos internacionais de combate à fome  ou coisa que o valha.
10- Há que se respeitar o torcedor sobre todas as coisas – e para isso é suficiente não tratá-lo como cliente de empresa de telefonia celular ou platéia de recital de música de câmara.

Por um Domingo Uruguaio

In Copa América, Futebol, Uruguai on July 24, 2011 at 4:46 am

Que o nobre povo Uruguaio, um dos mais amantes do Futebol, consiga hoje mais um título para os seus 3 milhões de habitantes…

É o que deseja este blog.

Uma tarde no Engenhão

In Botafogo, Domingo, Engenhão, Futebol, Rio de Janeiro on February 23, 2011 at 12:06 am

Um dos passatempos a caminho de Botafogo x Flamengo foi contar em quantas “canchas” eu já torci. O número até que saiu alto: 12 (estou pensando em fazer um post sobre cada uma). Vamos a 13a.

É incrível como uma massa pode pensar tão igual. Os sentimentos apenas fluem no ar.

A emoção começou na estação central, quando você se encontra com diversas pessoas com o mesmo objetivo: Torcer. (como eu não tinha lado, fiquei mais a vontade)

Só o fato de todos irem para a mesma causa, de todos estarem animados, ansiosos, já nos motiva.

Isso vai crescendo a medida que o trem (sem paradas, boa governo!) se aproxima do Engenhão, e explode ao ver o estádio.

Como se houvesse sido ensaiado, todos batem palmas e ao saírem exaltados do trem, já começam a cantar as musicas do time e pularem como se estivessem no estádio. Aquilo é extremamente contagiante, mas me contive para não cantar que “Eu sou Palmeiras Sim Senhor“.

O Estádio por fora já é belíssimo.

Tomei meu caminho para a torcida do Botafogo pensando em comer alguma coisa antes do jogo.

Dei sorte de escolher a rua certa para a refeição, ao acabar de comer a Fúria Jovem chegava ao estádio… É como uma infrantaria numa guerra, um bloco compacto de pessoas separados por uma linha frontal que claramente define as fronteiras do exército, fazendo barulho, e elevando o moral dos torcedores por onde passa.

A entrada principal é lindíssima, lá estão estátuas de Nilton Santos, Garrincha e Jairzinho, a frente do templo botafoguense lembrando os santos de Aleijadinho na frente do templo católico.

A foto é ruim (só mostra duas estátuas) mas acho que dá pra ter um noção.

Na hora de entrar foi engraçado, acostumado a estádios paulistas, onde não se entra com mastros e até papel (!! Sim, uma vez quase perdi um livro da Biblioteca), nesse nem revistado eu fui!

Subir a rampa do Engenhão é meio chato, mas a vista da Zona Norte Carioca é espetacular, em especial o teleférico em construção no Complexo do Alemão.

O Estádio é novinho, lanchonetes e banheiros bem apresentáveis, impressionou-me a proximidade do público normal com a mídia esportiva (uma simples grade quase sem seguranças) e a falta de lixeiras, acho isso muito absurdo. Eles preferem varrer tudo no fim do que colocar lixeiras.

Foram liberados 37 mil ingressos porém o público ficou nos 30 mil. Só pra não esquecer: Semifinal da Taça Guanabara, clássico, 30 mil… No Rio de Janeiro! Todos os estádios da Copa 2014 terão mais que isso (mínimo 40 mil) em lugares com muito menos tradição que o Rio de Janeiro, pois é…

Provavelmente é o Estádio mais bonito que já fui, por vezes eu o admirava no meio do jogo.

Algo que me chamou atenção foi o fato das organizadas ficarem bastante tempo “paradas” sem cantar.

O Gol do Botafogo foi um momento especial no jogo, a torcida inteira do gritando:”Uhhh É o Loco!”, como se jogasse uma maldição em campo.

Então veio a minha primeira decisão por penaltis in loco, é impressionante como tem torcedores não acreditam no time, quando o Botafogo perdeu o primeiro algumas pessoas já foram embora.

Ao final da semifinal algumas brigas como de praxe, porém o que me chamou a atenção foi a rapidez do embarque nos trens da volta (muito mais eficiente que o jogo que vi na Inglaterra, por exemplo).

Fica a recordação de um ótimo Domingo em que não “fui ao Maracanã”, mas sim ao Engenhão, e gostei. Experimente você também.

A Camisa 9

In Futebol on February 18, 2011 at 12:07 pm

Sempre gostei muito da camisa 9.

Nunca tive sucesso nos campos, mas sabia fazer gol, essa era a minha relação quando criança com a 9.

Mas como a camisa 9 precisa ser bem tratada, falarei de um camisa 9 de verdade.

O camisa 9 não tem a habilidade e a malícia de um camisa 7, muito menos a maestria de um camisa 10 (que Deus o tenha), nem mesmo a segurança do camisa 1.

Ao camisa 9 cabe a função de fazer o gol, aquilo que faz sentido no Futebol.

O 9 é portanto o protagonista do espetáculo, com características muito bem definidas.

O 9 precisa ser rápido, para arranques ferozes em busca do gol.

O 9 é forte, para não cair após os diversos ataques que recebe quando vai de encontro ao gol. Força também é o atributo necessário para se reerguer após uma contusão.

O 9 precisa também ter habilidade, para aquele último drible antes do chute final.

Não bastasse isso tudo o 9 precisa também saber cabecear, pois é inconcebível um cruzamento sem uma referência na área.

Ser 9 é uma tarefa difícil e gratificante, nenhum jogador do time tem o prazer de correr tantas vezes em direção da torcida com um sorriso no rosto. Mas por ironia do destino, nunca um 9 ultrapassou 1000 gols.

Sorte daqueles que viram um certo 9 jogar nos campos.

Sorte de quem viu a diferença que um 9 faz.

Hoje ele saí da vida nos gramados, para entrar para a história.

Uma Homenagem ao melhor camisa 9 que existiu.

Futebol de Sábado

In Barcelona, Esportes, Futebol, Neymar, Olimpíadas, Palmeiras, Tardelli, Uruguai, Vasco, Wayne Rooney on February 13, 2011 at 5:37 am

Geralmente sábado é um dia fraco para o futebol nacional (internacional as vezes) pois os jogos mais relevantes são colocados no Domingo quase sempre.

Não foi o caso desse 12 de Fevereiro.

Rooney

Muitos ainda nem tinham almoçado quando Rooney marcou possivelmente o gol mais bonito da sua carreira no clássico de Manchester.

Como lembrou um amigo, talvez o gol para salvar a temporada fraca que vem fazendo. Read the rest of this entry »

Sobre Esportes

In Corinthians, Esportes, Futebol, Palmeiras, Super Bowl, UFC on February 7, 2011 at 9:46 pm

O que faz um Esporte Grandioso?

Super Bowl XLV

UFC

Palmeiras x Corinthians

Do inglês to support.

ps: Perdão a demora, passei muito tempo tentando descrever a paixão que nos move a cada embate, espero que as imagens bastem.