Rafael Carneiro Garcia

Archive for January, 2012|Monthly archive page

São Paulo…

In Aniversário, Raízes do Brasil, São Paulo, Sérgio Buarque de Holanda on January 30, 2012 at 6:31 am

Primeiramente Perdão,

Por fazer esse post 5 dias após a sua festa (“Eu queria estar na festa pá… Com a tua gente…”), mas às vezes é preciso inspiração, sei que entenderás.

Pois de uma inspiração nasceste, não de uma ordem, afinal que sentido faz criar uma cidade serra acima? Venderiam seus produtos para quem? Para os índios? Séculos depois descobriríamos que essa “inspiração” era na verdade o primeiro passo do empreendedorismo paulistano.

Com a palavra um dos seus filhos, o paulistano Sérgio Buarque de Holanda:

“(…) justamente em São Paulo, terra de pouco contato com Portugal e de muita mestiçagem com forasteiros e indígenas (…).

No Planalto de Piratininga nasce em verdade um momento novo de nossa história nacional. Ali, pela primeira vez, a inércia difusa da população colonial adquire forma própria e encontra voz articulada.”

A esse “pouco contato com Portugal”, essa aventura ao interior, esses primeiros traços de uma nação própria, desligada da sua Metrópole, a isso agradacemos a ti, São Paulo.

Obrigado também, pessoalmente, por transmitir sempre novas sensações a cada visita.

Parabéns São Paulo.

Parabéns paulistanos, e boa eleição.

Advertisements

Quem levou Collor para o 2o. Turno?

In Alagoas, Collor, Eleições, Inflação, Lula, Política, Sarney on January 26, 2012 at 6:55 am

Em 1989 tivemos a 1a. Eleição Presidencial Democrática desde 1960, ou 29 anos de escolhas indiretas para o cargo máximo da República Brasileira.

Adicione isso a crise inflacionária que o país vivia, criada pelos gastos irresponsáveis do Governo Militar e alimentada pelos planos fracassados do governo Sarney, e assim tivemos a eleição presidencial mais “inchada” da história da nossa República.

O pico, configura o Brasil às vésperas das Eleições de 1989

Ainda nos primeiros anos pós-Ditadura houve uma explosão de partidos, uma espécie de “compensação” aos anos do bipartidarismo forçado.
Porém diferente das nossas atuais eleições presidenciais onde temos que votar para mais 4 cargos políticos, aquele ano a escolha do Presidente da República foi isolada, era um passo tão importante para a democracia que nada poderia desviar a atenção da população. Acontece que os partidos não queriam ficar fora dessa festa e poucos tinham a noção da força das coligações, assim o Brasil foi escolher seu presidente em uma lista de 22 (!!) nomes. Dentre tantos, por que Collor?

Escolha o seu!

Fernando Collor chegou ao segundo turno com 28,52% dos votos numa eleição com 22 candidatos, dentre “raposas” da política nacional e governadores de estados mais importantes que a República das Alagoas. Alguns nomes:

Paulo Maluf  (PDS-SP) – Na sua segunda tentativa de emplacar a presidência, contando com um eleitorado fiel (até hoje) no estado de São Paulo;
Mário Covas (PSDB-SP) – Então Senador pelo estado de São Paulo,  onde já havia sido deputado federal e Secretário de Obras, além de Prefeito paulistano;
Ulysses Guimarães (PMDB-SP) – Presidente da Constituinte de 1988;
Guilherme Afif (PL-SP) –  O atual vice-governador de São Paulo era apenas um deputado federal na época, porém jovem como Collor e com um certo apoio da classe média, que lhe rendeu até capa na VEJA, privilégio de alguns candidatos nesta campanha;
Leonel Brizola (PDT-RJ) –  Figura carimbada na política nacional, ex-governador de 2 estados muito populosos;

Isso sem citar outros como Roberto Freire  (PCB-SP), Aureliano Chaves (PFL-MG), Affonso Camargo (PTB-PR), e até Ronaldo Caiado (PSD-GO)Fernando Gabeira (PV-RJ).

Apesar de tantos presidenciáveis na primeira etapa da Eleição, a imagem que temos de Fernando Collor é a mesma: Em pleno 2o. Turno, com empresários ao seu lado, bem como a imprensa, contra o sonho dos trabalhadores de “Lula lá”. Entretanto o próprio Collor confessa que faltaram recursos no 1o. Turno:

“Quando eu chegava ao hangar para viajar – e aconteceu algumas vezes, no primeiro turno – ,o gerente vinha e me dizia: ‘Ah, não pode, porque vocês estão devendo aqui não sei quanto’.  Eu sentia que os recursos da campanha não estavam chegando na medida das necessidades. Já no segundo turno foi uma loucura total”. Nesse link

SEJA: O “Caçador de Poupanças”

Sendo assim, deixo vocês com a pergunta:

Quem levou Collor ao 2o. Turno?

  • A popularidade do seu vice, Itamar Franco (PRN-MG), então senador por Minas Gerais, 2o. maior colégio eleitoral?
  • A consciência política de coligação na chapa de Collor, tendo aglutinado o maior número de partidos desde o primeiro momento da campanha?
  • Marketing eleitoral? Talvez o candidato que aprendeu mais rápido como usar a Televisão;
  • O fato de Collor ter um pai com uma certa articulação em nível nacional?
  • A forma forte com que Collor se mostrou disposto a ser ‘O’ herói brasileiro que venceria a inflação?

Acredito que as certos acontecimentos não acontecem por um motivo, de forma que os cinco fatores (em especial o último) contribuíram para elegermos o 32o. Presidente do Brasil, o único tiraríamos do cargo.

Futebol News

In Corinthians, Cristian, Curtas, Fenerbahce, Futebol, Lionel Messi, Palmeiras, Pelé, São Paulo, SPFW on January 22, 2012 at 6:03 am

Messi vs Pelé

“Quando Messi tiver marcado 1.283 gols e conquistado três mundiais, falamos”

“Os recordes estão aí para serem superados, mas vai ser difícil quebrar os meus. As pessoas me perguntam toda hora quando vai nascer outro Pelé. Nunca!”

Assim falou Pelé, no alto dos 7 (1) anos, o rei dos poetas, segundo Romário.

 

 

 

 

SPFW

E começou a São Paulo Fashion Week

 

 

 

 

Um abraço aos são-paulinos, é um belo uniforme.

#VoltaCristian

Creio que nenhum dos bravos torcedores do Fenerbahce lerão isso, portanto faremos apenas um exercício: O que você acharia se um profissional do seu time (ou da sua empresa) fizesse um vídeo e publicamente pedisse para que as pessoas o ajudem a sair do seu atual posto?

Quando achamos que os jogadores de Futebol já chegaram no auge da falta de noção eles nos mostram que podem mais!

Essa notícia é antiga mas a sua memória é o que interessa mediante a mais recente notícia:

Corinthians desiste de Cristian

E tudo volta ao normal como um marido que toma café da manhã com a família após uma noitada com a amante.

Palestra Itália

Em que ano estamos mesmo?

#SOPA – #PIPA

In PIPA, SOPA on January 18, 2012 at 4:10 pm

Conheçam…

 

 

http://juntos.org.br/2012/01/apagao-na-internet-contra-o-sopa/

Armem-se…

http://www.wired.com/

http://meganao.wordpress.com/

http://en.wikipedia.org/wiki/Main_Page