Rafael Carneiro Garcia

Os vultos de Julho – João, Rubem e Ariano

In ABL, Ariano Suassuna, João Ubaldo Ribeiro, Literatura, Rubem Alves on August 4, 2014 at 5:40 am

“A ‘reverência pela vida’ exige que sejamos sábios para permitir que a morte chegue quando a vida deseja ir.”

A frase acima é de autoria de Rubem Alves em seu texto “Sobre a morte e o morrer”, inspirado na então recente morte via eutanásia do jovem francês Vincent Humbert. Cabe perfeitamente no sentimento que devemos ter em relação às três perdas que tivemos na literatura brasileira neste último mês: a do seu autor, Ariano Suassuna e João Ubaldo Ribeiro, estes dois últimos membros da Academia Brasileira de Letras.

Como homenagem às “vidas que desejavam ir” deixo-vos com passagens em vídeo recentes destes três vultos literários, cada um a seu modo, cada um à vontade para expressar a sua personalidade, poética e corpórea.

Incapaz sou de apresenta-los melhor que os próprios e acreditando que qualquer resumo que eu faça possa parecer vazio, poupo vosso tempo para entrega-lo à companhia privilegiada de cada um deles.

João Ubaldo Ribeiro (1941 ~ 2014 – 73 Anos)

Rubem Alves (1933 ~ 2014 – 80 Anos)

Ariano Suassuna (1927 – 2014 – 87 Anos)

Advertisements

Curiosidade sobre as moedas do Euro – Parte 2

In Chipre, Espanha, Estônia, Euro on July 25, 2014 at 2:47 am

Euro possui 8 valores de moedas: 0,01 – 0,02 – 0,05 – 0,10 – 0,20 – 0,50 – 1,00 – 2,00.

Cada país pode o cunhar com a figura que melhor o represente no verso (a frente, com a inscrição do valor, é igual para todos), vamos as curiosidades: (Segunda parte da série – confira a primeira aqui)

  • O Chipre é um dos menores e mais afastados países da União Européia. Esta ilha, colada no Oriente Médio, certamente foi aceita na UE devido aos seus bons índices de liberdade econômica, característicos de um paraíso fiscal. Achar uma moeda de euro do Chipre já é uma raridade, porém em suas moedas de 1 euro e 2 euros podemos encontrar o Ídolo de Pomos, uma escultura pré-histórica que simboliza a fertilidade muito usada como amuletos em colares. Detalhe: A própria escultura usa um colar de si mesma;

Idolo de Pomos, verso das na moedas de € 2,00 e € 1,00

  • A Espanha foge da regra em que os países monárquicos utilizam apenas a efígie do seu soberano, no seu caso o monarca aparece apenas nas moedas de 1 e 2 euros. Ao invés disso, usa a famosa catedral em Santiago de Compostela, nas suas moedas de menor valor (0,01 – 0,02 – 0,05), e o escritor Miguel de Cervantes nas de valor intermediário (0,10 – 0,20 – 0,50). Este mesmo autor é lembrado na primeira moeda comemorativa da Espanha, em 2005, em homenagem a sua obra-prima: Dom Quixote, que completava 400 anos da sua primeira publicação;

Dom Quixote e seus moinhos de vento ao fundo

  • O penúltimo país a entrar na Zona do Euro, último quando esta série começou, foi a Estônia em 2011. A pequena ex-república soviética foi a primeira do extinto bloco a conseguir preencher os requisitos da UE e adotar o Euro como moeda. Apesar disso, sua moeda não prima pela criatividade, tendo o mapa da Estônia e a palavra EESTI, cujo significado em estoniano é o nome do próprio país, para todos os valores de moeda circulante.

Coleção de moedas de Euro da Eesti

Manaus meu ciúme

In Manaus, Saude on August 21, 2013 at 11:50 am

O video é do começo do mês, mas para efeito de arquivo gostaria que assistissem mais um episodio que da orgulho à metropole amazônica (deixando sempre claro que o caso não é exclusividade dela, infelizmente):

O sr. Evandro Melo, Secretario Municipal de Saude, do alto do seu iPad (mesmo tendo um computador ao lado, futilidade dos novos tempos), considera “Normal” o fato de um parto ter sido feito no chão da recepção de uma Maternidade manauara, uma mera fatalidade, como dar à luz dentro de um carro afirma, esquecendo-se do fato dos médicos estarem dormindo no momento do ocorrido.

Afirma também, que não havia como pôr a mãe em uma simples maca, pois no periodo do parto a criança poderia cair (?!) desta, ora pois, o risco de cair da maca é maior que de uma possivel contaminação em contato com o chão… Jênio!

Mas aos que acham que a cidade dos Barés vive apenas de mas noticias, engano: A Arena da Amazônia ja esta 70% concluida!

Vamo la gente, comemorem!

Manaus e a sua Bastilha